Contenido principal del artículo

Eufrásia Victor
IIFA da Universidade de Évora
Portugal
https://orcid.org/0000-0003-0935-6241
Jorge Bonito
Universidade de Évora
Portugal
https://orcid.org/0000-0002-5600-0363
Vol. 9 (2022), Número monográfico XVI CIG-PP, páginas 193-206
DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2022.9.0.8893
Enviado: ene 10, 2022 Aceptado: feb 23, 2022 Publicado: abr 29, 2022
Derechos de autoría Cómo citar

Resumen

A investigação educacional tem confirmado a inegável importância da Didática para o bom desempenho do professor. É a Didática que permite maior eficiência e consciência, contribuindo para a realização plena por via de uma atuação ajustada à forma e à capacidade de aprender, acompanhada de compreensão, segurança e de estímulo, para cada indivíduo. Este estudo, de tipo survey, transversal, descritivo, teve por objetivo caraterizar o modelo didático pessoal de 26 professores que trabalham numa escola de Luanda, em Angola. Aplicou-se um questionário, com base no INPECIP, da autoria de Porlán et al. Foram aplicados procedimentos de estatística descritiva e inferencial. Os resultados indicam uma grande aproximação dos professores ao quadro teórico apresentado. A Didática é vista como uma disciplina científica, com concetualmente entendida de modo diverso. Apresentam-se diversos modelos didáticos adotados pelos docentes, sendo que o modelo construtivista é o mais comum. O papel dos alunos na planificação das aulas e a sua intervenção na avaliação reúne dispersão de posições, ainda que uma aula deva ser ativa e permitir a participação dos alunos. Pouco mais de metade dos professores inquiridos desconsidera que cada docente constrói a sua própria metodologia para o ensino das ciências.

Detalles del artículo

Referencias

Arnold, K. H. (2012) Didactics, didactic models and learning. In N. M. Seel (Eds.), Encyclopedia of the Sciences of Learning. Springer. https://doi.org/10.1007/978-1-4419-1428-6_1833

Bruning, R., Schraw, G. J., & Ronning, R. R. (2002). Psicología cognitiva e instrucción. Alianza Editorial

Ferreira, M. (2016). Alguns fatores que influenciam a aprendizagem do estudante de enfermagem. Educação, Ciência e Tecnologia, 150-173. https://revistas.rcaap.pt/millenium/article/view/8424

García, C. M. (2004). La teoría de la tierra (1785, 1788) de James Hutton: Visión cíclica de un mundo cambiante. Enseñanza de las Ciencias, 12, 126-132. https://raco.cat/index.php/ECT/article/view/88982

Gómez, A. I. (2010). Aprender a educar. Nuevos desafíos para la formación de docentes. Revista Interuniversitaria de Formación del Profesorado, 68, 37-60. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=3276044

Hill, M. M., & Hill, A. (2005). Investigação por questionário (2.ª ed.) Edições Sílabo

Medina, A. (2002). La didáctica: disciplina pedagógica aplicada, In A. Medina, & F. Salvador (Coords.), Didáctica general (pp. 5-31). Prentice Hall

Neminska, R. (2018). Didactic modelling in teaching students pedagogues. International Journal of Scientific Research and Management, 6(6), EL-2018-383. https://ijsrm.in/index.php/ijsrm/article/view/1539

Nérici, I. (1960). Introdução à didática geral: Dinâmica na escola. Editora Fundo de Cultura

Patrício, M. F. (2003). A didática ontem hoje, hoje – para amanhã. In A. Neto, J. Nico, J. C. Chouriço, P. Costa, & P. Mendes (Orgs.), Didáticas e metodologias de educação, percursos e desafios (pp. 21-29). Universidade de Évora

Porlán, R. (1989). El maestro como investigador en al aula. Investigar para conocer, conocer para enseñar. Investigación en la Escuela, 1, 63-69. https://idus.us.es/handle/11441/59047

Porlán, R., Rivero, A., & Martín, R. (1997). Conocimiento profesional y epistemología de los profesores I: teoría, métodos e instrumentos. Enseñanza de las Ciencias, 15(2), 155-171. https://raco.cat/index.php/Ensenanza/article/view/21488

Roldão, M. C. (2007). Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Revista Brasileira de Educação 12(34), 94-103. https://doi.org/10.1590/S1413-24782007000100008

Trindade, V. M. (2003). Algumas reflexões sobre a formação inicial de professores de ciências. Publicações Universidade de Évora

Victor, E. C. (2020). Contributos para a formação inicial e contínua de professores em Luanda (Angola): Uma investigação-ação sobre conceções epistemológicas. [Doctoral thesis, Universidade de Évora]. Repositório Institucional da Universidade de Évora. https://dspace.uevora.pt/rdpc/handle/10174/27056