Contenido principal del artículo

Carla Costa
Universidade do Minho
Cristina Castro
Universidade do Minho
http://orcid.org/0000-0002-3050-0351
Sandrina de Brito Esteves Oliveira
Universidade do Minho
Portugal
Anabela Cruz-Santos
Universidade do Minho
Maria João Gomes
Universidade do Minho
Vol. Extr., núm. 11 (2017) - XIV CIG-PP, XIV Congreso Psicopedagogía. Área 11: NECESIDADES EDUCATIVAS ESPECIALES, páginas 085-086
DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.11.2434
Enviado: jul 14, 2017 Aceptado: dic 13, 2017 Publicado: dic 17, 2017
Derechos de autoría Cómo citar

Resumen

O jogo interativo designado por “Vogais Saltitantes” é um jogo onde o principal objetivo consiste na intervenção junto de alunos com necessidades educativas especiais (NEE) que apresentam problemas de linguagem em geral, e/ou especificamente alunos com disnomia.

Este jogo foi construído e desenvolvido em cinco partes, onde cada uma delas pretende trabalhar cada vogal individualmente. O aluno é levado a associar palavras iniciadas por cada vogal com a imagem correspondente.

Detalles del artículo

Referencias

Afonso, A. S. (2012). O ensino e a paralisia cerebral. (Tese de mestrado não publicada). Escola Superior de Educação Almeida Garrett. Lisboa.

Correia, L. M. (2008). Inclusão e necessidades educativas especiais: Um guia para educadores e professores (2ª edição). Porto: Porto Editora.

Cruz-Santos, A. (2016). Documentos policopiados da Unidade Curricular Problemas de Comunicação em Alunos com DAE, Instituto de Educação, Universidade do Minho, Braga.

German, D. (2017). Word finding difficulties. Retirado em janeiro de 2017 de http://www.wordfinding.com/.

Toschi, M. S. (2002). Linguagens midiáticas em sala de aula e a formação de professores. In: Rosa, D. E. G. e Souza, V. C. (Org.). Didáticas e práticas de ensino: interfaces com diferentes saberes e lugares formativos. Rio de Janeiro: DPA, pp. 265-278.