Contenido principal del artículo

Andreia Osti
UNESP - UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA
Brasil
http://orcid.org/0000-0002-7605-2347
Biografía
Susana Gakyia Caliatto
UNIVAS
Brasil
Biografía
Ana Paula Abdalla
EMEF. Cecy Ap. Rocha de Aguiar
Brasil
Vol. Extr., núm. 11 (2017) - XIV CIG-PP, XIV Congreso Psicopedagogía. Área 11: NECESIDADES EDUCATIVAS ESPECIALES, páginas 030-034
DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.11.2275
Enviado: jul 10, 2017 Aceptado: dic 13, 2017 Publicado: dic 17, 2017
Derechos de autoría Cómo citar

Resumen

O estudo buscou conhecer e analisar as representações de cinco professores acerca da inclusão de alunos com deficiência em uma escola pública, no interior de São Paulo, Brasil. O trabalho se fundamenta na Teoria das Representações Sociais que permite analisar as relações construídas na escola e suas repercussões na prática educativa. Para coleta utilizou-se uma entrevista e para o tratamento dos dados realizou-se a análise de conteúdo das respostas em virtude das temáticas que emergiram. Os resultados mostraram representações pautadas no senso comum indicando desafios de planejamento, atendimento ao deficiente, organização de atividades coletivas e formação para professores.

Detalles del artículo

Referencias

Brasil. (2008). Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Política nacional de educação especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília. http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/politica.pdf

Brasil. Declaração Mundial sobre Educação para Todos: plano de ação para satisfazer as necessidades básicas de aprendizagem. UNESCO, Jomtiem/Tailândia, 1990.

Brasil. Declaração de Salamanca e linha de ação sobre necessidades educativas especiais. Brasília: UNESCO, 1994.

Briant, M. E. P; Oliver, F. C. (2012). Inclusão de crianças com deficiência na escola regular numa região do município de São Paulo: conhecendo estratégias e ações. Rev. Bras. Ed. Esp., Marília, n.1, 141-154. http://www.scielo.br/pdf/rbee/v18n1/a10v18n1.pdf

Jannuzzi, G. S. de M. (2006). A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao inicio do século XXI. 2ª edição. SP: Campinas, Autores Associados.

Jodelet, D. (2001). Representações sociais: um domínio em expansão. In: JODELET, D. (org.). As Representações sociais. Rio de Janeiro: Eduerj,17-44.

JODELET, D. (2009). O movimento de retorno ao sujeito e a abordagem das representações sociais. Sociedade e Estado, Brasília, v. 24, n. 3, 679-712.

Mantoan, M. T. E. (2006). Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna.

MARKOVÁ, I. (2006). Representações sociais: velhas e novas. In: Dialogicidade e representações sociais: as dinâmicas da mente. Petrópolis, RJ: Vozes.

MOSCOVICI, S. (1978, 2010). Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis, RJ: Vozes. 10. Ed.