Contenido principal del artículo

Gabriel Rodriguez Brito
Universidade Presbiteriana Mackenzie
Brasil
https://orcid.org/0000-0002-7097-9344
Biografía
Camila Fragoso Ribeiro
Universidade Presbiteriana Mackenzie
Brasil
https://orcid.org/0000-0002-4504-5742
Biografía
Alessandra Gotuzo Seabra
Universidade Presbiteriana Mackenzie
Brasil
https://orcid.org/0000-0002-8373-7897
Biografía
Vol. 9 Núm. 2 (2022), Artículos, páginas 207-225
DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2022.9.2.9101
Enviado: may 17, 2022 Aceptado: nov 7, 2022 Publicado: nov 30, 2022
Derechos de autoría Cómo citar

Resumen

A leitura é uma habilidade fundamental em uma sociedade alfabetizada, sendo essencial também para o desenvolvimento acadêmico. No entanto, no Brasil, os alunos apresentam desempenho em leitura abaixo do esperado, o que torna essencial dispor de instrumentos para avaliar essa competência e planejar ações nesta área. Além dos fatores cognitivos e individuais, questões inerentes ao texto, como gênero e estrutura, também influenciam na leitura. Assim, o objetivo deste estudo foi analisar as características das palavras, a estrutura sintática e os elementos referentes a coesão do Teste Cloze de Compreensão de Leitura (TCCL), comparando suas duas partes, TCCL-N (texto narrativo) e TCCL-E (texto expositivo), por meio do software Coh-Metrix. Os resultados mostram que o TCCL-E é ligeiramente mais complexo que o TCC-N, como sustentado pela literatura, mas também reforçam a necessidade de se considerar os aspectos do leitor a fim de definir a dificuldade do texto.

Detalles del artículo

Referencias

AMENDUM, Steven; CONRADI, Kristin; & HIEBERT, Elfrieda (2018). Does text complexity matter in the elementary grades? A research synthesis of text difficulty and elementary students’ reading fluency and comprehension. Educational Psychology Review, 30(1), 121–151. https://doi.org/10.1007/s10648-017-9398-2

BEST, Rachel; FLOYD, Randy; & MCNAMARA, Danielle (2008). Differential competencies contributing to children’s comprehension of narrative and expository texts. Reading Psychology, 29(2), 137–164. https://doi.org/10.1080/02702710801963951

BRANCO, Carolina; & SEABRA, Alessandra (2018). Avaliação dos componentes de leitura em alunos com dislexia e TDAH do ensino fundamental II. [Artigo em Conferência]. Jornada de Iniciação Científica e Mostra de Iniciação Tecnológica. São Paulo, SP, Brasil. Disponível em: http://eventoscopq.mackenzie.br/index.php/jornada/xivjornada/schedConf/presentations

BRITO, Gabriel (2017). Adaptação, desenvolvimento e evidências de validade e precisão de instrumentos de avaliação dos componentes de leitura no Ensino Fundamental II [Dissertação de Doutorado, Universidade Presbiteriana Mackenzie]. Adelpha Repositório Digital. https://dspace.mackenzie.br/handle/10899/22712

BRITO, Gabriel; RIBEIRO, Camila; & SEABRA, Alessandra (2021). Evidência de validade por relação com série escolar do Teste Cloze de Compreensão de Leitura (TCCL). [Resumo em Anais]. IV IBNequinho e IX Mostra Carioca de Neuropsicologia Clínica, Rio de Janeiro.

BROWN, James (2002). Do cloze tests work? Or is it just an illusion? Second Language Studies, 21(1), 79-125. http://hdl.handle.net/10125/40654

COLLINS, Alyson; LINDSTRÖM, Esther; & COMPTON, Donald (2018). Comparing students with and without reading difficulties on reading comprehension assessments: A meta-analysis. Journal of Learning Disabilities, 51(2), 108–123. https://doi.org/10.1177/0022219417704636

GRAESSER, Arthur; MCNAMARA, Danielle; CAI, Zhiqang; CONLEY, Mark; LI, Haiying; & PENNEBAKER, James (2014). Coh-Metrix measures text characteristics at multiple levels of language and discourse. The Elementary School Journal, 115(2), 210–229. https://doi.org/10.1086/678293

GRAESSER, Arthur; MCNAMARA, Danielle; & KULIKOWICH, Jonna (2011). Coh-Metrix. Providing multilevel analyses of text characteristics. Educational Researcher, 40(5), 223–234. https://doi.org/10.3102/0013189x11413260

INEP - Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (2019). Relatório SAEB 2017. Inep. https://www.gov.br/inep/pt-br/centrais-de-conteudo/acervo-linha-editorial/publicacoes-institucionais/avaliacoes-e-exames-da-educacao-basica/relatorio-saeb-2017

MAZIERO, Erick G.; PARDO, Thiago A. S.; DI FELIPPO, Ariani; & DIAS-DA-SILVA, Bento C. (2008). A base de dados lexical e a interface web do TeP 2.0: thesaurus eletrônico para o Português do Brasil. Em VI Workshop em Tecnologia da Informação e da Linguagem Humana (TIL), pp. 390-392. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/228656191_A_base_de_dados_lexical_e_a_interface_web_do_TeP_20_thesaurus_eletronico_para_o_Portugues_do_Brasil

MESQUITA, Nely (2014). Análise de inteligibilidade de material didático para Educação de Jovens e Adultos (EJA): compreensão leitora avaliada pelo Coh-Metrix-Port. Pesquisas em Discurso Pedagógico, 2014(Especial), 1-14. https://doi.org/10.17771/pucrio.pdpe.23477

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (2020). Relatório Nacional de Alfabetização Baseada em Evidências (RENABE). Secretaria de Alfabetização – Sealf, Brasília.

NELSON, Jessica; PERFETTI, Charles; LIBEN, David; & LIBEN, Meredith (2012). Measures of text difficulty: testing their predictive value for grade levels and student performance. Council of Chief State School Officers, Washington, DC.

NUNES, Débora; & WALTER, Elizabeth (2016). Processos de leitura em educandos com autismo: um estudo de revisão. Revista Brasileira de Educação Especial, 22(4), 619–632. https://doi.org/10.1590/s1413-65382216000400011

RIBEIRO, Camila; MECCA, Tatiana; BRITO, Gabriel; & SEABRA, Alessandra (2021). Reconhecimento de Palavras, Fluência e Compreensão de Leitura em Alunos com Transtorno do Espectro Autista. Revista Brasileira de Educação Especial, 27(e0050), 919-934. https://doi.org/10.1590/1980-54702021v27e0050

SARDINHA, Tony (2007). History and compilation of a large register diversified corpus of Portuguese at CEPRIL. The Especialist, 28(2), 211-225. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/esp/issue/view/428

SCARTON, Carolina; & ALUÍSIO, Sandra (2010). Análise da inteligibilidade de textos via ferramentas de Processamento de Língua Natural: adaptando as métricas do Coh-Metrix para o Português. Linguamática, 2(1), 45–61. https://linguamatica.com/index.php/linguamatica/article/view/44

SPINILLO, Alina; & ALMEIDA, Denise (2014). Compreendendo textos narrativo e argumentativo: há diferenças? Arquivos Brasileiros de Psicologia, 66(3), 115–132. https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=229035339010

TAYLOR, Wilson (1953). “Cloze procedure”: A New tool for measuring readability. Journalism Quarterly, 30(4), 415–433. https://doi.org/10.1177/107769905303000401

TEIXEIRA, Carlos; & CORREIA, Alda (2017). A aprendizagem da leitura: o desenvolvimento da compreensão leitora. Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación, (6), 313-318. https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.06.2722

TRACE, Jonathan; JAMES, Dean; JANSSEN, Gerriet; & KOZHEVNIKOVA, Liudmila (2017). Determining cloze item difficulty from item and passage characteristics across different learner backgrounds. Language Testing, 34(2), 151–174. https://doi.org/10.1177/0265532215623581

VIEIRA, Daiana; FRISON, Lourdes; & SIMÃO, Ana Margarida (2015). Aprendizagem autorregulada: estratégias de compreensão leitora. Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación, (1), 072-077. https://doi.org/10.17979/reipe.2015.0.01.392