Contenido principal del artículo

Raquel Batista de Oliveira
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Portugal
http://orcid.org/0000-0002-9661-0772
Biografía
Maria da Graça Amaro Bidarra
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Biografía
Maria da Piedade Vaz-Rebelo
Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Biografía
Vol. Extr., núm. 11 (2017) - XIV CIG-PP, XIV Congreso Psicopedagogía. Área 11: NECESIDADES EDUCATIVAS ESPECIALES, páginas 137-141
DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2017.0.11.2599
Enviado: jul 15, 2017 Aceptado: dic 13, 2017 Publicado: dic 17, 2017
Derechos de autoría Cómo citar

Resumen

O presente estudo tem como objetivo conhecer as perceções dos diferentes atores sobre as práticas inclusivas de alunos com Necessidades Educativas Especiais nas escolas portuguesas. Neste sentido, recorreu-se à entrevista semiestruturada direcionada para professores de Educação Especial  e professores do Ensino Regular. Para a análise dos dados utilizou-se a técnica análise de conteúdo. Os resultados revelam que apesar de existir alguma convergência nas respostas, emergem diferentes perceções destes docentes quanto à necessidade de recursos humanos e materiais, bem como ao seu reconhecimento no funcionamento da escola.

Detalles del artículo

Referencias

Bidarra, M G, Barreira, C. M., Vaz-Rebelo, M. P., & Alferes, V., (2014). Avaliação externa de escolas: Da análise das redundâncias à ponderação diferencial dos resultados no primeiro ciclo de avaliação In J. A. Pacheco (Ed.) Avaliação Externa de Escolas (pp. 229-246). Porto: Porto Editora.

Capucha, L., (2008). Educação Especial . Manual de Apoio à Prática. Lisboa

Decreto-Lei Nº 3/2008. Diário da República – I Série – Nº 4 de 7 de Janeiro. Define a atuação dos apoios educativos, adequação do processo educativo às necessidades educativas especiais, finalidades da inclusão de pessoas com NEE.

Inspeção Geral da Educação (2006-2011). Avaliação Externa das Escolas: avaliar para a melhoria e confiança. Ministério da Educação – IGE.

Artículos similares

También puede iniciar una búsqueda avanzada de similitudes para este artículo.