Envelhecer a Dançar: Matinés Dançantes

  • Ana Nunes Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra
  • Paula Batista Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra / CLDS+ Coimbra Concelho Solidário e Saudável
  • Catarina Henriques Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra / CLDS+ Coimbra Concelho Solidário e Saudável
  • Catarina Calado Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra / CLDS+ Coimbra Concelho Solidário e Saudável
  • Alcino Silva Câmara Municipal de Coimbra - Divisão de Educação e Ação Social/CLDS+ Coimbra Concelho Solidário e Saudável
  • Henrique Mendes-dos-Santos Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra

Resumen

O aumento da longevidade e a da esperança média de vida e, dada a conjuntura económico-social que assola o nosso país, torna-se necessário desenvolver estratégias e medidas de combate à pobreza, ao isolamento e exclusão social, através da promoção do bem-estar e da qualidade de vida dos idosos de hoje e de amanhã. O desenvolvimento de ações de convívio e fraternização, que promovem a socialização, facilitam a comunicação e a partilha de saberes e experiências de vida, têm sido apontadas como estratégias lúdicas e dinâmicas que favorecem o envelhecimento ativo. Adaptá-las às características da população idosa, nomeadamente através de sessões de dança, estimula e beneficia as capacidades físicas e mentais, permite quebrar preconceitos/estereótipos, aumenta a capacidade comunicativa e a autoestima. Por outro lado a dança permite recordar outras épocas marcadas por festas populares, religiosas e profanas, nas quais os “bailaricos” constituíam fonte de convívio/confraternização.

O Contrato Local de Desenvolvimento Social Mais – Coimbra Concelho Solidário e Saudável – conta com a Obra de Promoção Social do Distrito de Coimbra como entidade coordenadora e a Câmara Municipal de Coimbra como entidade promotora e tem como período de intervenção de março de 2014 a junho de 2015. No âmbito do plano de ação assente em três eixos, pretende-se desenvolver trabalho social de proximidade com a população, por forma a: (1) minimizar pobreza infantil, o isolamento e a exclusão social; (2) combater o absentismo; (3) criar redes de apoio; e (4) dotar a comunidade de competência – sociais, domésticas, empreendedoras –, através do desenvolvimento de ações de cariz sociocultural, educativo e recreativo.

O presente trabalho assenta no paradigma qualitativo dando-se primazia à observação naturalista e avaliação da narrativa. Por forma a complementar, é utilizado o registo fotográfico, enquanto instrumento de recolha de dados, o que possibilita retratar as Matinés dançantes de forma fiel e fidedigna. As Matinés Dançantes destinam-se à população idosa das dezoito Uniões/Juntas de Freguesias do Concelho de Coimbra e visam, fundamentalmente, a animação sénior e a participar ativamente no desenvolvimento de ações na e para a comunidade. Estas matinés contaram com a preciosa colaboração das Comissões Sociais de Freguesia, nomeadamente, das Instituições de Solidariedade Social e Recreativas que as compõem e dos técnicos de Ação Social da Câmara Municipal de Coimbra. No final de uma tarde realizou-se um lanche partilhado, confecionado pelas instituições participantes e/ou patrocinado pelo comércio local, o que possibilitou combater conceitos negativos como solidão, isolamento e falta de autonomia, promovendo-se a felicidade, o convívio, a autoestima e o bem-estar dos participantes. Alertou-se ainda para a responsabilidade social, não só das instituições mas também da comunidade em geral. 

Descargas

La información sobre descargas no está todavía disponible.
Publicados
2015-12-11
Cómo citar
Nunes, A., Batista, P., Henriques, C., Calado, C., Silva, A., & Mendes-dos-Santos, H. (2015). Envelhecer a Dançar: Matinés Dançantes. Revista De Estudios E Investigación En Psicología Y Educación, (14), 060-062. https://doi.org/10.17979/reipe.2015.0.14.436
Sección
XIII Congreso Internacional G-P de Psicopedagogía. Área 14: TRANSICIONES Y DESARROLLO A LO LARGO DE LA VIDA