A formação de professores online contribui para a literacia digital docente? Estudo de caso em curso de formação docente online no Brasil

Elaine Jesus Alves, Bento Duarte da Silva

Resumen


No atual cenário contemporâneo da sociedade em rede, a relação entre a formação de professores e a literacia digital docente constitui um debate relevante. Ao mesmo tempo em que cursos de formação inicial e continuada mediados por tecnologias são ofertados aos professores para seu aperfeiçoamento, estudos apontam para um déficit de literacia digital destes em relação ao uso social e crítico das tecnologias e sua eventual inserção na era digital. Este artigo apresenta resultados parciais da pesquisa de doutoramento em Educação da Universidade do Minho intitulada: Formação de professores, Literacia Mediática e Inclusão Sociodigital: Estudo de caso em curso a distância da Universidade Federal do Tocantins. O objetivo do estudo constitui  investigar os impactos dos cursos de formação online de professores sobre as suas habilidades e competências para o uso das tecnologias digitais no seu cotidiano e práticas pedagógicas. As categorias de análise são: formação de professores, literacia digital ou mediática e inclusão sócio digital. Parte do pressuposto de que os professores em processos de formação em cursos mediados por tecnologias carecem de literacia digital para o uso das tecnologias na sua vida cotidiana bem como na sua prática pedagógica frente aos alunos cada vez mais usuários de tecnologias. A inclusão sociodigital seria uma possível consequência deste processo. Trata-se de um estudo de caso realizado com professores que são cursistas de licenciatura mediada por tecnologias numa universidade pública no interior do Brasil. A pesquisa, de cunho qualitativo, buscou primeiro conhecer o perfil de uso de tecnologias dos participantes no seu cotidiano e prática pedagógica. Para tal aplicou-se questionários por email a todos matriculados no curso entre 2010 e 2012 (32 alunos), destes 25 responderam. Os dados coletados revelaram que os participantes utilizam as tecnologias predominantemente de forma instrumental no seu cotidiano e na sala de aula. Com faixa etária média de 25 a 44 anos, utilizam a internet a menos de 10 anos e ainda estão a adaptar-se às tecnologias. Com o objetivo de aprofundar sobre os impactos da formação mediada por tecnologias na literacia digital dos professores, realizou-se entrevista semiestruturada com seis participantes do curso. Constatou-se que estes consideram relevante a formação online para inseri-los na era digital, no entanto, relatam dificuldades relacionadas à metodologia e dinâmica do curso, resistência quanto ao uso das tecnologias na escola, baixa literacia digital no tocante  a tecnologias mais complexas e pouco contato pelas redes sociais com seus alunos fora dos espaços formais da escola.

Palabras clave


Formação de professores online; Literacia digital; inclusão sociodigital

Texto completo:

PDF (Português)


DOI: https://doi.org/10.17979/reipe.2015.0.13.305

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Licencia Creative Commons

Esta revista es continuación de: Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxía e Educación (1997-2013) - ISSN: 1138-1663.