AQUAPONIA, uma novidade na educação ambiental

  • Pedro Martins EPAMAC
Palabras chave Aquaponia, Alimentação, Sustentabilidade, Educação Ambiental.

Resumo

A aquaponia é uma atividade que conjuga a aquacultura e a hidroponia. Geralmente, consiste na criação em circuito fechado de peixes e plantas, sendo ambos destinados à alimentação humana. Os peixes excretam compostos azotados, os quais, após transformação por bactérias nitrificantes, são utilizados como nutrientes pelas plantas. Assim, a água fica limpa de novo e disponível para os peixes. Este circuito fechado permite aumentar a produção de alimentos de forma sustentada, poupar água e evitar poluição dos solos e das águas. A aquaponia é um conceito transversal a diversos contextos, que vão desde o nível local, de uma agricultura de subsistência, até um nível global, marcado pela sobrepopulação e pela depleção de recursos. Por este motivo, a aquaponia tem vindo a ser abordada de forma emergente por programas de educação ambiental um pouco por todo o mundo. A EPAMAC é uma escola profissional em Portugal, que está presente em diversos projetos associados ao tema e tem vindo a revelar-se uma instituição embaixadora do conceito de aquaponia no sistema educativo português.

Citas

Bernstein, S. (2011): Aquaponic Gardening: A Step-By-Step Guide to Raising Vegetables and Fish Together. Gabriola Island, New Society Publishers.

Bocek, A. (2009): Introduction to Fish Culture in Rice Paddies. International Center for Aquaculture and Aquatic Environments, Auburn University.

Crossley, P. L. (2004): “Sub-irrigation it wetland agriculture” em Agriculture and Human Values, (21), 2-3, 191–205.

ERASMUS+ Project Ref. 2016-1-NL01-KA202-023006. ANNIE- Aquaponics, a New Novelty in Education. Consultado a 8 de Setembro de 2017, às 18h30m, em: http://ec.europa.eu/programmes/erasmus-plus/projects/eplus-project-details-page/?nodeRef=workspace://SpacesStore/92df315e-af85-4214-9ee1-6a5a98714fbf

Lewis, W.M. Yopp, J.H. et al. (1978): “Use of hydroponics to maintain quality of recirculated water in a fish culture system” em Trans. Am. Fish. Soc., 107 (1), 92-99.

Love, D.C.; Fry, J.P.; Ximin, L.; Hill, E.S.; Genello, L.; Semmens, K. & Thompson, R.E. (2015): “Commercial aquaponics production and profitability: Findings from an international survey” em Aquaculture, 435, 67-74.

McLarney, W. (2013): The Freshwater Aquaculture Book: A Handbook for Small Scale Fish Culture in North America. Brattleboro, Echo Point Books & Media.

McMurtry, M.R., et al. (1990): “Sand culture of vegetables using recirculating aquacultural effluents” em Applied Agricultural Research, (5) 4, 280–284.

Naegel, L. (1977): “Combined production of fish and plants in recirculating water” em Aquaculture, 10, 17-24.

Rakocy, J. (2012): Aquaponics-Integrating Fish and Plant Culture. Oxford, Wiley-Blackwell.

Rakocy, J.E.; Bailey, D.S.; Shultz, K.A. e Cole, W.M. (1997): “Evaluation of a commercial scale aquaponic unit for the production of tilapia and lettuce” em . Tilapia Aquaculture: Proceedings of the Fourth International Symposium on Tilapia in Aquaculture, 1, 357-372.

Rakocy, J.E.; Masser, M.P. e T. M. Losordo (2006): “Recirculating Aquaculture Tank Production Systems: Aquaponics—Integrating Fish and Plant Culture” em SRAC Publication, 454, 1-16.

Sneed, K.; Allen, K. et al. (1975): “Fish farming and hydroponics” em Aquaculture Fish farmer, (1) 2, 18-20.

Publicado
2018-03-16
Como citar
Martins, P. (2018). AQUAPONIA, uma novidade na educação ambiental. AmbientalMENTEsustentable, 23-24(1), 101-106. https://doi.org/10.17979/ams.2017.01.023-024.3369